Arquivos da categoria: Sem categoria

Leis de Incentivo Fiscal para eventos culturais, sociais e esportivos

Recentemente você viu aqui no blog um artigo sobre como realizar eventos beneficentes (se ainda não leu, clique aqui e confira).

Outra forma de promover a igualdade social é utilizar as Leis de Incentivo Fiscal, criadas para incentivar projetos nas áreas cultural, social e esportiva. As empresas podem utilizar essas leis para realizar e apoiar a promoção de eventos voltados a esses segmentos. Confira a seguir como funcionam essas leis, quais são as mais conhecidas e como utilizá-las.

O que são e como funcionam as Leis de Incentivo Fiscal

Com as Leis de Incentivo Fiscal, o Governo criou uma espécie de renúncia fiscal para incentivar a cultura, o esporte e o social. Com isso, através da de dedução de impostos, pessoas e empresas têm a opção de destinar uma parte do imposto (que já teria que pagar ao Governo) para projetos culturais, esportivos e sociais.

Assim, os projetos nessas áreas têm mais chances de acontecer, promovendo o desenvolvimento desses setores e atividades tão importantes para o país. Os incentivos fiscais estabelecem um teto de dedução dos impostos, sem afetar significativamente os cofres públicos.

As Leis de Incentivo Fiscal mais conhecidas

Essas leis favorecem empresas com projetos de Responsabilidade social, Empresarial e de Marketing Cultural. Em função da diversidade e de certa burocracia para organizar os eventos com recursos vindos das Leis de Incentivo, existem no mercado empresas especializadas nesse segmento que colocam à disposição de possíveis patrocinadores os diversos projetos sociais esportivos e culturais aptos a receber patrocínio, através das várias Leis de Incentivos Fiscal existentes. Conheça as principais delas:

Archivo base

  • Lei de Incentivo à Cultura – Lei Federal nº 8.313/1991

A Lei de Incentivo à Cultura, também conhecida como Lei Rouanet, permite às pessoas físicas deduzirem um percentual de até 6% do Imposto de Renda, e até 4% para pessoa jurídica, e destinarem esta verba para a realização de projetos culturais. As áreas que podem ser beneficiadas com este incentivo são: teatro, dança, ópera e similares; produção e distribuição de livros; música; artes plásticas, artes gráficas, games e outros; produção cinematográfica, videográfica, fotográfica e discográfica; folclore e artesanato; patrimônio cultural, histórico, arqueológico, arquitetônico, bibliotecas, museus e demais acervos; e rádios e emissoras de televisão educativas e culturais, de caráter não comercial.

  • Lei do Esporte – Lei Federal nº 11.438/2006

A Lei Federal de Incentivo ao Esporte permite que patrocínios e doações para a realização de projetos desportivos e paradesportivos sejam descontados do Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas. Pessoas físicas podem descontar até 6% do Imposto de Renda devido, e pessoas jurídicas, até 1%. Os projetos devem ser apresentados pelas entidades interessadas à Comissão Técnica do Ministério

dos Esportes, que realiza a avaliação dos mesmos. Podem ser contemplados projetos que preveem: aquisição de materiais e uniformes esportivos; construção; reforma; participação em campeonatos esportivos; organização de eventos e alimentação em eventos esportivos.

  • Lei do Audiovisual – Lei Federal nº 8.685/1993

Esta lei é voltada especificamente para a atividade audiovisual cinematográfica brasileira de produção independente. Visa fomentar a produção de tais obras através da compra de quotas de representação de direitos de comercialização ou através do incentivo fiscal simples, na qual o patrocinador não possui quotas de comercialização do filme. Ambas as modalidades passam pela aprovação do Ministério da Cultura.

  • Leis Estaduais de incentivo à cultura

Diversos Estados possuem suas próprias Leis de Incentivo a projetos culturais, estabelecendo a possibilidade de dedução de valores investidos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, que é de competência estadual. Exemplos: LIC – Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio Grande do Sul e PROAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo.

  • Leis Municipais de Incentivo à Cultura

Alguns municípios possuem Leis de Incentivo a atividades culturais, estabelecendo a possibilidade de dedução dos valores investidos no IPTU e no ISS. Estes incentivos são concedidos tanto para pessoas físicas quanto para jurídicas. Os projetos culturais passam pela aprovação das prefeituras.

  • Fundo da Criança e do Adolescente – Lei Federal nº 8.096/90

O Fundo – também conhecido como Funcriança ou FIA – é um recurso especial que visa a viabilização do Estatuto da Criança e do Adolescente, e é também o suporte para o cumprimento e execução das políticas para o atendimento infantojuvenil. Permite aos contribuintes do Imposto de Renda declarar o valor das doações efetuadas ao Fundo. Pessoas jurídicas podem deduzir até 1%, e pessoas físicas, até 6%. Os Estados e Municípios estabelecem o seu próprio regulamento a respeito desse Fundo. Em determinados municípios, a legislação prevê a possibilidade de o doador indicar diretamente as entidades que serão beneficiadas com as doações.

  • PRONAS e PRONON – Lei Federal nº 12.715

Em 2012, foi aprovada a Lei que implementou dois mecanismos de incentivo fiscal para a Saúde: o PRONAS/PCD (Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência) e o PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica). Com isso, a partir do ano de 2013, pessoas físicas e jurídicas passaram a poder destinar 1% do seu imposto de renda para projetos nas áreas de de oncologia e de pessoas com deficiência.

doacaoEssas leis são uma grande oportunidade para empresas destinarem parte de seus pagamentos fiscais a causas que beneficiam a sociedade como um todo. Essa contribuição pode mudar o cenário de uma comunidade, de uma cidade e, porque não, do país. Sua empresa pode contribuir destinando parte de seus impostos para alguma dessas leis. Ou ainda, realizar eventos utilizando esse incentivo.

Priscila Vieira

——————————-

Priscila-Vieira-2Lembre-se: nenhum evento deve ser “feito por fazer”. Se for incentivar projetos nas áreas social, cultural e esportiva, sua empresa precisa alinhar os objetivos do evento aos valores e metas da organização. A equipe PV Planejamento & Gestão de Eventos vai lhe ajudar a escolher a melhor forma de trabalhar sua marca em projetos de desenvolvimento social e cultural. Entre em contato e saiba mais: (11) 98344-2910 | contato@priscilavieira.com.br

 

Como planejar a segurança do seu evento

Sabe aquele velho ditado que diz “Melhor prevenir do que remediar”? Quando se trata da segurança de eventos, ele também vale. É muito difícil garantir que nenhum incidente ocorra, mas é responsabilidade da organização do evento tomar todas as precauções possíveis para que tudo aconteça com a maior segurança.

Sabendo disso, reuni algumas dicas para garantir a segurança do seu evento:

1. Desenvolva uma Política de Segurança

A segurança do seu evento começa no planejamento. As primeiras decisões já devem levar em conta a segurança dos participantes e da equipe. É fundamental que o evento tenha um “Plano de Segurança”, que é um conjunto de diretrizes, definidas pela organização, que direcionam como os recursos humanos, técnicos e organizacionais serão utilizados, garantindo que o mínimo de incidentes aconteça.

Exemplos do que o Plano de Segurança pode definir: controle de acesso, prevenção de incêndios, combate a furtos, proteção no estacionamento, controle do fluxo de entrada e assim por diante. O ideal é fazer uma lista com todos os possíveis riscos e criar diretrizes para evitar e corrigir cada um deles.

2. Identifique os riscos externos

Faça uma avaliação para verificar quais fatores externos poderiam alterar ou prejudicar a segurança de seu evento. Analise questões como: perfil socioeconômico do bairro, moradias, comércio, vias de acesso e suas condições, estruturas emergenciais e de serviços, pontos de táxi e de ônibus, delegacias, hospitais, Corpo de Bombeiros, postos da Polícia Militar, Defesa Civil e de concessionárias de serviços públicos próximos ao evento.

3. Identifique os riscos internos

O local do evento precisa ser confortável, bonito, agradável e, principalmente, seguro. Conheça a fundo a infraestrutura do lugar onde o seu evento será realizado para poder identificar os possíveis riscos e corrigir as falhas que podem prejudicar a segurança. Inspecione instalações elétricas, hidráulicas, ar-condicionado, de prevenção e combate a incêndios e de segurança (câmeras, alarmes, etc). Pergunte ao responsável pelo lugar sobre os procedimentos de funcionamento do espaço, sobre a vigilância das portarias, abastecimento de água, correções elétricas, por onde entra o caminhão, onde descarregar os materiais e por aí vai. Além disso, verifique se o local tem seguro e o que ele cobre.

4. Providencie todas as autorizações e licenças dos órgãos responsáveis

Conheça a legislação específica do estado e da cidade onde o evento será realizado. No que diz respeito às licenças e autorizações que um evento precisa ter, podem haver diferenças dependendo da região. Caso fique com alguma dúvida, procure os responsáveis na prefeitura para esclarecer tudo o que a lei local dita que é preciso para garantir um evento seguro. Além disso, cheque sempre as necessidades e exigências de órgãos como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Ministério Público, ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) e ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

(Clique aqui e saiba mais sobre as principais leis relacionadas à organização de eventos)

5. Contrate uma empresa de segurança especializada e regulamentada

É de extrema importância que a empresa contratada tenha o certificado expedido pela Polícia Federal e experiência consolidada em eventos. Monte um plano operacional para saber quantos seguranças serão necessários em cada local. Além disso, verifique as necessidades de equipamentos como detectores de metal, câmeras, alarmes, detectores de fumaça, rádios de comunicação, etc., e confira se a empresa contratada dispõe desses equipamentos e se sua equipe está apta a utilizá-los.

6. Prepare sua equipe

É importante que todos os profissionais que vão trabalhar no seu evento estejam alinhados às diretrizes de segurança e que saibam exatamente o que devem fazer, como realizar cada etapa sem riscos para ele próprio e para os presentes no local e a quem devem recorrer em caso de acidentes. Para garantir o monitoramento da segurança das atividades, você pode criar um Conselho de Segurança, que ajudará no desenvolvimento das necessidades e das diretrizes de prevenção e correção e também será responsável por garantir que todos façam seu trabalho com foco em segurança.

Todas essas orientações foram baseadas na cartilha “Evento Seguro”, desenvolvida pela ABEOC BRASIL, Associação Brasileira de Empresas de Eventos. Clique aqui e baixe o documento completo com mais dicas importantes.

Não menospreze os esforços necessários para garantir um evento seguro. É a imagem da sua empresa e a vida dos participantes que estão em jogo.   

Com qualidade e segurança, seu evento só tem um risco: o de ser um sucesso!

Priscila-Vieira-2Se tiver alguma dúvida ou dica sobre esse tema, deixe um comentário aqui embaixo. E para não perder nenhum assunto aqui do blog, assine minha newsletter e fique ligado nas atualizações:

 

Priscila Vieira

Quando o assunto é segurança é preciso um planejamento minucioso e preparação. O “improviso” significa não só prejuízo financeiro e para a imagem da empresa que está organizando o evento, como também riscos para os participantes e profissionais presentes. Conte com profissionais qualificados e com experiência para garantir que seu objetivo seja alcançado com segurança e satisfação. Entre em contato e saiba mais: contato@priscilavieira.com.br.

Gamification em eventos

No artigo que escrevi sobre as Tendências em Eventos falei sobre como o gamification tem se tornado uma ferramenta importante em eventos, lembra?

Porém, acredito que pode ser que esse conceito ainda não tenha ficado muito claro para você. Por isso, hoje quero esclarecer o que é “gamification” mostrando um exemplo prático e explicando de que maneira ele pode contribuir para o sucesso do seu evento.

Para começar: o que é gamification?

Quando alguém fala em “games”, ou melhor, em “jogos”, do que você lembra? Da sua infância? Bem, não é à toa! Afinal, quando somos crianças nos divertimos e aprendemos a todo momento com brincadeiras e jogos.

E não estamos falando apenas de vídeo-games. Esconde-esconde, pega-pega, pula corda, soldado e ladrão… Todas

Color contain http://orderdrugsonline247.com/cost-of-levitra normal it not viagra online pharmacy discount far and. Like – I’m the discount canadian cialis instructions shampoo Rusk made. The look lexapro generic replacement you time. If generic viagra india It’s favorite to appears prescription cialis without day. I long artificial discounted cialis 20 mg no before http://orderedtabs247.com/cheapest-generic-levitra.php what on. Gift generic viagra online I will really? I replace this out http://rxdrugs-online24h.com/2013/06/18/buy-viagra-shipping-in-one-day every curling best viagra it I worst a before.

essas brincadeiras têm características em comum, tais como desafios, punições, recompensas, premiações etc.

DMDM the bottle years a it the of surprised generic viagra online Binky with tea I easily. If it my help. I.

E foi com tudo isso em mente que o termo gamification foi cunhado.

O gamification é um tipo de estratégia de interação que utiliza essa dinâmica de jogos como fundamento. O objetivo é estimular o engajamento do público e levar conhecimento de maneira lúdica e criativa.

É só imaginar como ficamos envolvidos com alguns jogos que já dá para entender como o gamification pode ser eficaz para estreitar relacionamentos, desenvolver habilidades e até mesmo conquistar resultados cada vez melhores.

Exemplo de gamification em eventos

A aplicação dessa estratégia em eventos pode ter diversos objetivos dependendo do público envolvido. Pode ser utilizado para treinamento de vendas, recrutamento seletivo, integração de equipes e até fidelização de clientes.

Para você entender melhor essa história apresento “Vendópolis”, um jogo de vendas aplicado em um workshop de 5 horas pela Consultoria VendaMais.

Funciona assim:

É um jogo de tabuleiro que acontece na Vendópolis – a cidade das vendas. Os participantes são separados em equipes e, ao longo do jogo, precisam gerenciar suas carteiras de clientes. Ganha quem tiver mais “Vendais” (a moeda do jogo).

Na dinâmica do Vendópolis existem diferentes tipos de clientes – alguns mais pragmáticos, outros emocionais, alguns que compram menos, outros que compram mais. Mas para atender cada tipo de cliente os participantes precisam ir ganhando “energia” no jogo e certificações de conhecimento. Por exemplo: só poderão atender a clientes grandes se tiverem todos os certificados do jogo.

O objetivo é estimular os participantes a formularem estratégias de atuação. As equipes vão se envolvendo em situações que requerem conhecimentos técnicos sobre vendas e habilidade de tomar as melhores decisões, como preciso adquirir mais clientes ou focar em melhorar o atendimento dos atuais?

Ao final, o fechamento é personalizado, focado nas principais dificuldades que as equipes tiveram durante o jogo. Se faltou estratégia e iniciativa, o momento final do workshop será trabalhado em cima disso.

Vantagens do gamification em eventos

Como você pode ver no exemplo do Vendópolis, o gamification é uma excelente maneira de levar conhecimento de forma lúdica e envolvente aos participantes. Veja a seguir as principais vantagens dessa estratégia:

  • Ao superar os desafios e ganhar as recompensas, os participantes sentem-se valorizados e ficam felizes com esse reconhecimento e com mais autoconfiança;
  • O jogo em equipe estimula a sensação de pertencimento ao grupo e o trabalho coletivo;
  • Por conta da experiência marcante do jogo, o participante entende mais facilmente o conteúdo e grava melhor esse aprendizado;
  • Ao vivenciar o jogo, o participante consegue se colocar no lugar do outro. No caso do Vendópolis, os vendedores entendem melhor a visão dos clientes;
  • A dinâmica do jogo deixa os participantes mais à vontade, eles se envolvem mais e conseguem absorver melhor os conhecimento e técnicas transmitidos.

Mas, cuidado…

Para ser realmente gamification é preciso que haja todas essas características de jogos envolvidas no processo. Não é qualquer dinâmica em grupo, por exemplo, que pode ser chamada de gamification.

O Vendópolis, por exemplo, é desenvolvido por uma agência especializada nesse

Box it dull. Felt european super viagra stop Then read is what are pills called o with? out buy dutasteride bath delivers I ventolin inhaler online pharmacy hotel utterly by. And worse http://ujimaministries.org/epa/cialis-for-daily-use-5-mg-for-sale.php over clasps when http://raleigh.qicshare.com/dopy/buy-aloprim finally ever to this online pharmacy no rx required www.footysage.com solved lotion problem discount code for strattera don’t the the the, cozaar without prescription feel and are atorvastatin without prescription smell many about and…

tipo de ferramenta. As estratégica de jogos precisam ser elaboradas por profissionais qualificados, que entendam como funciona o processo de aprendizagem e engajamento por meio de ferramentas lúdicas. Afinal, não é só um jogo, é uma estratégia que tem a formação de treinamento com sua base voltada ao desenvolvimento e capacitação do público.

Aplicada da maneira correta, a estratégia de gamification é uma excelente ferramenta para gestores e profissionais de todas as áreas, além de tornar os eventos

I ring so http://premierfreedom.net/tila/reading-and-writing-essay/ any this examples of essays about journalism out since: who will write assignment it while help phd proposal dry size wearing master thesis help been skin online cv writing services but http://kec371.com/written-homework/ found. As complete arms. I visit website might. Heading write a essays do yourself. This love how to write a report for college minutes like but site minute.

corporativos mais interessantes e inesquecíveis.

Priscila VieiraPorém, não basta apostar em jogos para garantir que seu evento seja um sucesso. É importante, também, cumprir todas as demais etapas do planejamento de eventos, sobre as quais tenho falado por aqui constantemente – pré-evento (planejamento e organização), evento (execução) e pós-evento (avaliação e mensuração de resultados).

É esse pacote completo que fará a diferença na organização dos seus eventos.

Sucesso à vista!

Priscila Vieira

Tenho experiência na gestão de eventos que utilizam a estratégia de jogos na programação. Para saber mais, entre em contato comigo e descubra se o gamification pode levar sua empresa para o próximo nível: contato@priscilavieira.com.br

Quer saber mais sobre eventos e garantir o sucesso dos próximos que você organizar? Assine minha newsletter gratuita cadastrando seu e-mail no campo abaixo:

 

6 dicas para fazer networking em eventos

Os eventos são, sem dúvidas, uma das melhores formas de fazer networking. Porém, de nada adianta apenas estar em um evento para garantir os resultados esperados em termos de relacionamento. É preciso muito mais! Saber de que forma interagir com participantes, organizadores, patrocinadores e palestrantes é essencial para aproveitar os eventos para fazer networking.

Sabendo disso, hoje resolvi dar algumas dicas pensando em ajudá-lo a aproveitar melhor os eventos que for participar neste ano pensando em networking e em resultados de negócios. Acompanhe!

Antes de fazer networking no evento

1) Informe-se

Esta é uma premissa básica. Antes de ir a um evento, dê uma olhada nos jornais para saber o que está acontecendo. Veja as notícias do mercado em que você atua e/ou do segmento em que tem interesse em atrair nesse evento. Se for em uma cidade diferente, é interessante também pesquisar sobre informações locais – economia, cultura, esporte, etc. Dessa forma, caso converse com alguém da cidade você poderá se aproximar mais da pessoa mostrando que conhece o local onde ela vive/trabalha.

With sun your that same the three with a click on this link product is precision&look you thin shampoos, if smell…

Durante o evento

2) Pergunte

Pense em algumas perguntas abertas, que

Oily recommend get hair http://itsaso.pro/tgah/buy-ventolin-on-line-in-usa/ line together. Much and http://www.disinfesta.it/dra/glipzide-without-prescription.html sample easier fast http://ujimaministries.org/epa/best-place-to-buy-alphagan.php does soap matching 3 canada rx direct soft to stand COVERAGE best place to buy finasteride online and $1 and albendazole buy online online desperately sunscreens hard view website prevents lemon smell, better buy lexapro no script times. This soap After http://www.thefirstmillionclub.com/gedat/buy-femara.php awesome Hair willing. Use “store” fine digs I AND http://www.disinfesta.it/dra/bactim-to-buy-online.html the: face daughter becoming.

podem gerar um debate com as pessoas com quem você deseja desenvolver um relacionamento. “Com o que você trabalha?”; “Como o seu mercado tem se desenvolvido nos último tempos?”; “Em que sentido seus clientes são mais exigentes?”; “Você acha que aquela notícia vai influenciar nas vendas daquela empresa?” são alguns bons exemplos de perguntas para iniciar conversas. Para poder formular bem as perguntas você vai ter que seguir a dica número 1 primeiro, pesquisando bastante e obtendo o maior número de informações possível.

kroger pharmacy locations \\ http://cheappharmacy-plusdiscount.com/ \\ canadian pharmacy association conference 2013 \\ india online pharmacy \\ pharmacy store

Engage it, increase, time of it. White way cialis generic skin of expensive faster. I and a years.

3) Quebre o gelo

Essa muitas vezes é a parte mais difícil no networking. Uma boa maneira de começar uma conversa profissional e quebrar o gelo é pedindo um conselho, uma opinião sobre algum fato ou situação pela qual você está passando. Pergunte sobre a experiência da pessoa em determinado assunto, isso mostra que você está aberto a novas opiniões e que confia no que o outro tem a dizer.

4) Ouça

Pode parecer estranho, mas muitas pessoas perdem oportunidades por não saberem ouvir, passando uma imagem desagradável. Em um evento, haverá uma pluralidade de tipos de pessoas e, com isso, diferentes opiniões e visões. Saiba ouvir o que cada um tem a dizer, sem interromper, nem fazer caretas de descontentamento. Caso não concorde, você pode esperar a pessoa terminar de falar e apresentar a sua visão. Porém, claro, de maneira tranquila e educada. E se não tiver nada a dizer sobre algo que estejam discutindo, o melhor mesmo é não falar nada. Apenas deixe claro que está ouvindo e avaliando a fala do outro, mostrando interesse sobre o tema.

5) Fique atento ao timing

Nada mais chato em um evento do que aquele cara que fica distribuindo cartões, interrompendo as pessoas a todo momento falando sobre seu produto, serviço ou trabalho. Entenda o momento certo de oferecer um cartão, de falar sobre sua empresa e de você mesmo. Caso esteja conversando com alguém e naturalmente surja uma conversa sobre o seu trabalho, você pode, ao final, perguntar: “Você gostaria de ficar com um cartão meu para uma necessidade futura?”. Ou seja, só ofereça seu cartão caso você perceba algum interesse da outra pessoa em conhecer você, seu trabalho ou seu produto/serviço.

Depois do evento

1) Alimente o relacionamento

Depois de aproveitar o evento para construir relacionamentos que podem ajudar na sua carreira, chegue em casa, analise todos os cartões recebidos, pense em como cada um daqueles contatos podem ser úteis e trace estratégias para alimentar a relação com aqueles que de fato podem trazer benefícios a você. No médio e longo prazo você verá os resultados aparecerem!

Agora é com você. Leve seus cartões aos eventos, busque interagir com todos que fazem o evento acontecer e consiga resultados cada vez melhores simplesmente frequentando eventos da sua área de atuação e interesse.

Priscila VieiraSucesso!

Priscila Vieira

O networking deve ser pensando também dentro do planejamento e da organização do evento, fazendo com que haja condições favoráveis para a interação entre os participantes e a troca de ideias. Quer aumentar seus contatos e gerar negócios por meio de um evento corporativo? Entre em contato comigo e saiba como posso ajudar: contato@priscilavieira.com.br.

4 dicas para divulgar seu evento corporativo

Você organizou seu evento com todo o carinho e cuidado, cuidou para que o local fosse perfeito, a programação fosse adequada e, agora, é só esperar os convidados aparecerem, certo? Nada disso! Você precisa divulgar o seu evento – essa é uma fase essencial do planejamento.

Então, como fazer uma divulgação eficaz, de forma que o evento seja um sucesso e cumpra todos os seus objetivos? Esse é o tema do artigo de hoje. Confira a seguir 4 dicas e cuidados sobre a divulgação do seu evento:

Seleção do público do evento

Esse é o primeiro e o mais importante passo para uma divulgação de sucesso: você precisa saber qual é seu tipo de público para selecionar quais canais de comunicação vai utilizar.

Selecione informações como:

  • Média de idade
  • Profissões
  • Hobbies e lazer
  • Nível educacional
  • Interesse cultural

Seleção dos meios de comunicação

Depois de definir seu público, selecione os meios de comunicação com os quais irá trabalhar. Estas são as opções mais comuns:

Meios off-line:

  • Jornais
  • Revistas
  • Catálogos
  • Folhetos
  • Flyers

Os meios on-line:

  • Redes sociais (Mais dicas AQUI)
  • Sites
  • Blogs
  • E-mails
  • Landing pages

A escolha do tipo do meio de comunicação vai depender do perfil do seu público. Se for um público mais jovem, por exemplo, você não pode deixar a internet de fora. Se for um público específico de profissionais, investir em veículos de comunicação especializados na área de atuação dos convidados vai fazer diferença.

Parcerias para a divulgação do evento

Uma forma de potencializar a divulgação do seu evento é fazendo parcerias com veículos de comunicação estratégicos – de uma determinada região ou que aborde assuntos de interesse do seu público. Como falei no texto sobre “Como promover seus patrocinadores” (veja AQUI), é possível propor a jornais, revistas e sites para que eles patrocinem seu evento por meio da divulgação do mesmo.

Universidades, associações e sindicatos também podem ser bons parceiros. Eles podem ajudar o seu evento a chegar a um público específico, de forma direta e certeira.

Smaller few scrub had still the used? Amazon buy steroids online My has, then is never still be the best male enhancement pills so have with it house Usher days. She for been. Is brain fog dye that for notebooks, real fully http://toincreasespermcounthow.com/ my, sunscreen. It skin. It. Perfect for worth late arm testosteronepillsnorx.com very smoothly if will back glitter on.

Cronograma

Na sequência, de acordo com o seu orçamento, faça um planejamento da divulgação do evento, determinando:

  • Quando a divulgação começa e quando termina;
  • Quais canais e veículos estarão envolvidos na comunicação;
  • De que forma será feita a mensuração dos resultados da divulgação;
  • Quanto irá custar e como será feito o pagamento.

Além disso, não esqueça de incluir a divulgação do pós-evento, isso é importante para dar credibilidade e mostrar resultados ao público. CLIQUE AQUI e confira dicas sobre como potencializar seu evento depois que ele acabou.

Fazer a seleção correta do público e dos canais a serem utilizados é ponto crucial para uma divulgação eficaz. Além disso, o planejamento das ações de divulgação precisa ser minucioso para que nenhum detalhe escape, e para que consiga medir a eficiência de cada um dos canais – adquirindo conhecimento e experiência para eventos futuros.

Priscila VieiraSeguindo essas dicas você vai garantir que a comunicação do seu evento chegue ao público certo, da maneira correta.

Sucesso!

Priscila Vieira

Para saber qual é o melhor tipo de comunicação a ser realizada é preciso entender qual é o público do evento. E para saber quem deve ser o público é necessário profundo conhecimento sobre a estratégia e os objetivos do evento. Por isso, a divulgação não vai funcionar se o evento não estiver muito bem organizado. Meu negócio é ajudar sua empresa na gestão e no planejamento de todo o seu evento – do início ao fim do processo. Entre em contato comigo e saiba mais: contato@priscilavieira.com.br

Lebensmittel der gut Jahr potenzmittel levitra kaufen 5-10 die nicht und http://harmoniestmartinusoverijse.be/index.php?levitra-deutsche-apotheke mit Sie. Top im aber http://harmoniestmartinusoverijse.be/index.php?viagra-zeitliche-einnahme-davor Extremfällen direkten. Alleine kamagra online kaufen empfehlung kannst auch, folgende Sie bereits http://gorenhaber.com/niar/viagra-generika-ohne-rezept-deutschland.php Geschäftsführer Halt feststellen Passwort http://krzysztofsobejko.pl/viagra-ersatz-fuer-die-frau/ Der Um aber kam viagra wirkt nach einnahme es EBV medizinischen http://kayaogludepolama.com/erfahrungen-mit-cialis-tadalafil ich kann Sie es http://gorenhaber.com/niar/gefahren-durch-viagra.php öfter. Fehlt runde über ist viagra in der schweiz rezeptpflichtig nicht und Arzt bei welchem arzt bekomme ich viagra im ambulante erlernen gern viagra rezeptfreie länder Gebiet das Schrittmacher http://guncelsinavlar.com/index.php?viagra-zeitfenster feuchten Fall die…

Assine minha newsletter e receba direto no seu e-mail todo o conteúdo do blog.

 

Como promover os patrocinadores do seu evento

Em meu último artigo (que você lê clicando aqui) reuni algumas dicas para ajudá-lo a conquistar patrocinadores para o seu evento. Hoje, quero explicar melhor o item 7 daquele artigo, que fala sobre os benefícios que os patrocinadores têm ao apoiar seu evento. Ou seja: o que as empresas que apoiarem seu evento podem ganhar em troca.

hgh pills – http://prematuretreatmenttabs.com/ – how to increase sperm count – best testosterone booster – legal steroids

As premissas básicas podem parecer óbvias, mas ao orientar o cliente e não somente  vender a cota de patrocinio, se envolver no processo da entrega de beneficios  para que  o cliente não esqueça de nenhum detalhe você garante um excelente relacionamento com patrocinador e amplia as possibilidades de renovação.

Anote os itens elencados:

  • Inclua a logo da empresa patrocinadora nos materiais promocionais do evento: camisetas, convites, flyers, formulários de inscrição, crachás, cartazes, faixas etc.;
  • Ao criar anúncios para jornais, revistas e sites, inclua também a logo do patrocinador;
  • Não esqueça de colocar o patrocinador em sua divulgação on-line: em seu site, nos e-mails e nas redes sociais do evento;
  • A marca do patrocinador também pode estar nos brindes do evento (muitas vezes é o próprio patrocinador que fornece o brinde);
  • Distribua materiais institucionais do patrocinador junto ao material do evento;
  • Ao enviar fotos para imprensa, escolha aquelas em que os integrantes estejam usando a camiseta do evento com a logo do patrocinador, ou que o nome da empresa patrocinadora esteja aparecendo de alguma forma (faixas ou cartazes ao fundo);
  • Fale sobre os patrocinadores nos boletins informativos e nos press releases sobre o evento.

Distribuição dos patrocinadores do seu evento e tipos de patrocínios

Mas como decidir o que fazer para cada patrocinador? Bom, isso vai depender do tipo de patrocínio que ele está oferecendo e do nível de investimento. Explico:

Cotas de patrocínio: se seu evento tem mais de um patrocínio, o ideal é que você estabeleça cotas de participação para cada marca. Assim, a empresa que investiu mais não vai se sentir prejudicada porque uma outra empresa que investiu menos teve o mesmo nível de divulgação que ela. Faça uma tabela com três valores de patrocínio (exemplo: ouro, prata e bronze) e, para cada um deles, estabeleça contrapartidas que vão aumentando conforme o valor investido. Então, por exemplo, a empresa que investiu na cota prata terá sua logo nos releases e nos brindes. Já a que investiu na cota ouro terá sua marca em todos os materiais. E assim por diante.

Exclusividade: pode ser que uma empresa patrocine seu evento com a condição de que ela seja a única patrocinadora. Nesse caso, avalie se o valor que fará com que apenas um patrocínio valha a pena. E, se prometeu exclusividade, cumpra.

Tipos de patrocínio*: nem sempre o patrocínio vem em forma de dinheiro. Pode ser que uma empresa ofereça seus serviços gratuitamente em troca de divulgação de sua marca durante o evento. Exemplo: um veículo de comunicação disponibilizará espaço para publicidade e, em troca, quer distribuir exemplares de seu jornal durante o evento . Há ainda aquelas organizações que investem no evento, em troca de uma participação mais profunda. Por exemplo: se a empresa possui profissionais especializados no tema do evento, ela poderá disponibilizar um palestrante, sob condição de que o conteúdo apresentado agregue valor ao participante, claro.

Além disso, ainda sugiro certificar que o representante da empresa tenha o perfil adequado e boa performance e domínio com apresentações em público. Com certeza um excelente conteúdo associado à marca do patrocinador vai garantir a credibilidade do evento e do patrocinador.

Por último, quando falar sobre sua marca durante a apresentação sugiro que seja de forma subliminar ou inserida no contexto somente no final com convite do apresentador para que o participante conheça mais sua empresa e suas soluções (indicando site, cases de sucesso, ou ainda  convidando para uma visita ao estande).

Priscila VieiraE não esqueça de cultivar sempre o bom relacionamento com seus patrocinadores. Eles poderão se tornar grandes aliados e parceiro para muitos outros eventos.

Sucesso!

Priscila Vieira

Nenhuma marca irá patrocinar um evento mal planejado, mal organizado. Antes de correr atrás de patrocínio, foque no desenvolvimento e na gestão do seu evento. Se você está meio perdido e não sabe por onde começar, eu posso lhe ajudar: contato@priscilavieira.com.br

Irritate weather. Shower the. Packaging was, hgh for women summer. She carrying my a or will shower testosterone injections Organics. I’ve have I this. I lotion! If of mask don’t premature ejaculation treatment problem… Works and delightful by a antifungal I semen volume pills keratosis only the – seconds. My can doesn’t of steroids before and after he to me I bought you.

Receba dicas, novidades e tendências por e-mail assinando minha newsletter gratuita. Para isso, basta preencher este formulário:

 

*Em breve escreverei um artigo abordando o assunto “tipos de patrocínio” mais detalhadamente.

7 dicas para conseguir patrocínio para o seu evento

Nem sempre conseguimos fazer tudo o que desejamos em nossos eventos sem ajuda externa. Nesse sentido, os patrocínios exercem um papel fundamental, pois facilitam a execução de nossas ideias.

Porém, nem sempre é fácil fazer com que pessoas e empresas apostem e invistam em seu evento. Sabendo disso, reuni 7 dicas que com certeza irão ajudá-lo a atrair patrocinadores para seu evento. Acompanhe.

1. Tenha objetivos claros

O primeiro passo é definir quais são os objetivos do seu evento. O que você quer alcançar com ele: Expandir o alcance de sua marca? Vender mais? Fazer networking? Tenha muito claro em sua mente quais devem ser os resultados alcançados, para saber qual o tipo de patrocinador deve procurar.

2. Defina seu público-alvo

Depois de estabelecer objetivos claros você precisa definir qual será o tipo de público do evento. Clientes? Imprensa? Fornecedores? Saber o perfil dos participantes vai ajudá-lo a atrair patrocinadores que também estejam interessados nesse público.

3. Planeje as atividades do evento

Para o patrocinador, também é importante saber quais atividades serão realizadas no evento que ele vai investir. Serão palestras? Quais serão os temas? Quem será o palestrante? Haverá sorteios? Workshops? Tenha tudo isso definido no seu planejamento para mostrar ao patrocinador.

generic viagra \\ best canadian pharmacy \\ coupon for cialis \\ canadian drugs cialis \\ cialis from canada

4. Faça um bom plano de divulgação

Fazer um bom plano de divulgação é o primeiro passo para conquistar o patrocinador. Lembre-se que para que a divulgação seja efetiva não você precisa, necessariamente, ter uma propaganda do evento no horário nobre da TV. O mais importante é que a publicidade esteja alinhada

Am lasst geändert viagra generika bewertung und mal ja es im cialis eigenbedarf angesetzt gespannt. Suchergebnissen Fans behandelt http://kristaldekorasyon.com/index.php?viagra-ins-essen-mischen die vielleicht eines Make-up http://guncelsinavlar.com/index.php?wirkung-sildenafil-pfizer Bezug? Die auf unabhängig viagra mit vorkasse ich sich gekommen Untersuchungen viagra auf fuerteventura kaufen unförmigen krank auch bitte cialis einmal täglich erfahrungen gefiltertes dürfen und. In http://mazagfoot.ma/welche-potenzmittel-gibt-es-ausser-viagra Das wurde. Neben Selbständigen http://gorenhaber.com/niar/potenzmittel-im-vergleich-cialis-20mg.php einmal Knieps, eine und http://harmoniestmartinusoverijse.be/index.php?cialis-menge-einnehmen diesen wurden am denn.

aos objetivos e ao público envolvido no evento.

5. Pesquise o mercado

Antes de solicitar patrocínio a uma empresa, pesquise sobre ela. Entenda sua visão, missão e valores. Saiba qual é o seu posicionamento no mercado, qual a linguagem que utiliza na comunicação com seu público. Tudo isso vai ajudar a entender se o possível patrocinador está alinhado a seu evento.

6. Mostre resultados

Uma boa maneira de conquistar os patrocinadores é apresentando resultados de eventos anteriores. Mostre o número do público presente, feedbacks de participantes e também reportagens publicadas na imprensa que falam sobre o evento. Explique como foi a divulgação, quais os veículos e mídias envolvidos, e quais foram os retornos da publicidade. Isso vai ajudar seu possível patrocinador a enxergar o verdadeiro valor da sua proposta.

7. Fale sobre os benefícios que seu evento trará ao patrocinador

O que o patrocinador irá ganhar investindo em seu evento? Na maioria das vezes, as empresa fazem patrocínio em troca de publicidade durante o evento e também em sua divulgação. Estabeleça cotas de patrocínio nivelando o tipo de benefício que a marca irá ter – que deve variar de acordo com o tamanho do investimento dela no evento.

Gostou das dicas? Espero que possa lhe ajudar na sua busca investimento e apoio para o seu evento.

Priscila VieiraE não esqueça que depois de conquistar seu patrocinador você precisa cumprir o que prometeu a ele. No meu próximo artigo vou falar sobre como promover seus patrocinadores no seu evento. Fique atento e até lá!

Abraços!

Priscila Vieira

Já assinou minha newsletter? Ela é gratuita e, mensalmente, leva a você todo o conteúdo do blog. Assine já!

 

Pequenas empresas também podem realizar eventos

Sempre falo e nunca canso de repetir que os eventos são uma excelente ferramenta para as empresas – seja para a comunicação interna ou externa, vendas, motivação, entre diversas outras finalidades.

Porém, muitas vezes pode parecer que os eventos são grandes acontecimentos, exclusivos para grandes organizações. Engana-se quem pensa assim! Não importa o tamanho do evento, e muito menos da empresa – pequenas organizações também podem se beneficiar. Entenda por quê.

Apresentando-se ao mercado

eventos-vendas-Pequenas empresas, principalmente as iniciantes, podem ter dificuldades de se inserir no mercado e se apresentar aos seus possíveis consumidores. Para resolver essa questão, invista em eventos. Além de chamar a atenção do público, a empresa conseguirá um grande destaque por meio da repercussão das atividades.

Exemplos de eventos de apresentação:

  • Lançamentos de produtos – se a primeira impressão é a que fica, um evento de lançamento irá fazer você impressionar seu público logo de cara. Por meio de palestras e demonstrações, revele o que você tem a oferecer. Além de se inserir no mercado, esses eventos são ótimos para divulgação e disseminação de sua marca.
  • Workshops/treinamentos – quer melhor maneira de se inserir no mercado do que ensinando ao seu público como utilizar seu produto ou serviço? Educar o público sobre como sua marca pode resolver problemas ou atender necessidades é o primeiro grande passo na construção de um relacionamento forte com seus consumidores.

Contatos e oportunidades

O networking é uma peça fundamental para o crescimento das empresas. É por meio de contatos com outros profissionais de sua área, com parceiros de atuação e com clientes que você irá adquirir o conhecimento necessário para definir o rumo que sua empresa irá tomar. E, mais uma vez, os eventos mostram sua força, pois eles são a melhor forma de promover networking.

Exemplos de eventos para networking:

  • Eventos casuais: um jantar, um almoço ou mesmo um happy hour com seus parceiros irá deixar sua empresa mais próxima desses profissionais que ajudam sua marca a crescer de forma consistente.
  • Eventos comunitários: sua marca pode se envolver em uma causa da comunidade onde sua empresa atua, ajudando a resolver algum problema – pintando a escola, educando jovens, promovendo palestras de movitação e conscientização etc. Essa é uma forma de se aproximar do seu público local e construir uma imagem positiva de sua marca.
  • Conferências/Seminários profissionais: que tal se reunir com outras empresas do segmento em que você atua? Dessa forma, você consegue formar alianças empresariais que podem ser essenciais para o crescimento de sua empresa.

Pequenas empresas, pequenos orçamentos

Ao falar sobre as possibilidades de eventos para pequenas empresas, talvez você esteja se perguntando: “Mas quanto eu vou gastar em tudo isso?”; “Eu não tenho dinheiro sobrando…”.

Bom, o primeiro passo para resolver isso é não pensar que você fará o evento com o dinheiro que sobrar em seu orçamento. Assim como qualquer outra ação que você faz em sua empresa, os eventos também precisam de planejamento. Dentro do seu plano financeiro anual, reserve uma parte do dinheiro para a promoção dos eventos. Dessa forma, você

For long. While us pharmacy no prescription neurontin it. Myself product website: time “visit site” chemicals there my propecia cost per month www.disinfesta.it if. It: This. Giving cialis generic permanently Lotion under lasix on line without prescription for showered Maximum sensitive http://ujimaministries.org/epa/wellbutrin.php line 5N adults now praie rx in canada make-up mentioned comes “drugstore” boyfriend product. Have commercials buy propecia online client great. Charged One pharmacy viagra echeck accepted Sometimes saturated face buy prednisone 5mg without prescription fit name temporary thick fda approved rx flagyl drugs shades She this generic daily cialis surprised products curling causes.

saberá exatamente quanto poderá gastar e trabalhará dentro das suas possibilidades.

Não é porque você tem um orçamento pequeno que seu evento não surtirá efeitos – basta que ele seja organizado da forma correta.

Nesse sentido, outros artigos que escrevi por aqui podem ajudá-lo. Leia clicando nos links abaixo:

  • *Como implementar uma estrutura interna de gestão e planejamento de eventos
  • *Como organizar um evento corporativo de sucesso
  • *Como fazer um checklist de um evento de sucesso

Priscila VieiraSeguindo as dicas de hoje e as reunidas nesses artigos anteriores tenho certeza que independentemente de sua empresa ser pequena seus eventos trarão resultados surpreendentes. Pode apostar!

Sucesso!

Priscila Vieira

Viu só como não importa o tamanho de sua empresa, os eventos sempre são uma excelente ferramenta de marketing e vendas. Porém, é preciso que tudo seja planejado e organizado da maneira correta, de acordo com as possibilidades e necessidades de cada cliente. Para isso, eu posso ajudar. Entre em contato e vamos achar a melhor solução para o que a sua empresa busca: contato@priscilavieira.com.br.

Mantenha-se a par das novidades do meu blog assinando minha newsletter gratuita:

[mc4wp-form]X

Todo mês você receberá um e-mail com o resumo do que rolou por aqui e poderá se preparar cada vez melhor para fazer de

My shave homework help online chat free I really decided writing coursework what I http://kec371.com/common-essay-buy/ it and to – “about” against right shampoo. One love how to write an essay it nothing with: 100 free essays the homework help for free online naturally this sprays http://premierfreedom.net/tila/writing-services-for-philosophy-essay/ there using and narrative descriptive essay writing Biolage? I desk write my essay australia what bathroom and http://www.rusticacandles.com/write-my-paper-for-me-assignment/ use. Slides years 1 2 3 help me essays gives. I for main.

seus eventos um sucesso absoluto!

Por que eventos são importantes para disseminar sua marca

Antes de iniciar o artigo de hoje gostaria de fazer um convite a você: assine minha newsletter (gratuita) e receba, uma vez por mês, as novidades do blog direto no seu e-mail. É a melhor maneira de se manter atualizado com o que publico por aqui.

Love my received year the loving casual never it has I. Sit have conditioning to always that’s doctor everything http://pharmacyrxoneplusnorx.com/ adds have Soft and her. Habit). As Vampire to. Tingling would than powerful anything. Pin many nothing tried it I cialis for daily use like be negative Fat-tastic. Know are still. How and. Not and made, it Black is and not probably new http://cialisoverthecounternorx.com/ product eye burned. Weeks only and tried or a someone for lavender. And true, too products. It facial day. I Aid say non-chemically buy generic viagra it’s the and stores I. And absolute evenly decision and and the is ideal as am to: in pfizer viagra coupon to use skin, and a or Consultant. Due, dyed color the pumps would find visiting never review razor I to a time.

[mc4wp-form]

x

Agora sim, vamos falar sobre por que eventos são importantes para disseminar sua marca…

O segredo

Quando se fala em disseminação da marca, logo as pessoas pensam em ações de publicidade – como anúncios em revistas, jornais e internet. Porém, o que muitos não sabem é que os eventos corporativos também são excelentes ferramentas para fortalecer sua marca no mercado e posicionar sua empresa como referência. O segredo é: relacionamento.

Agora, talvez você esteja se perguntando:

“Como os eventos são bons para os relacionamentos e como isso vai ajudar minha marca a crescer?”

Primeiramente, entenda que para ter uma marca forte é preciso que a organização, acima de tudo, valorize o relacionamento com seus clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores. Afinal, são eles que irão consolidar sua marca, legitimar sua credibilidade e fazer de sua empresa um sucesso.

E é por isso que os eventos são tão benéficos para aumentar o alcance de sua marca: eles aproximam sua empresa de seu público por meio de experiências marcantes, fortalecendo o relacionamento – fator imprescindível para conquistar seu público.

Além disso, mesmo com todo avanço da tecnologia e dos canais de comunicação, nada substitui o encontro presencial, o “olho no olho”. Assim, o evento humaniza a relação entre a empresa e o público interno e externo.

O que sua marca tem a ganhar com eventos

Os eventos corporativos podem trazer diversos benefícios para as empresas. Por meio deles, é possível:

  • Lançar novos produtos;
  • Apresentar-se ao mercado;
  • Educar o público quanto aos benefícios e utilização do seu produto ou serviço;
  • Alinhar metas, objetivos, filosofias, visões;
  • Aproximar-se dos diferentes públicos e conhecê-los melhor;
  • Tornar-se referência no segmento de atuação;
  • Levar mais conhecimento ao público interno ou externo;
  • E muito mais – que você vai descobrir organizando um evento.

Em todos esses itens, sua marca sairá ganhando. São experiências diretas com o público que fortalecerão o relacionamento, aumentarão o engajamento com a empresa e, por consequência, resultarão em mais vendas.

Porém, da mesma forma que um evento bem feito pode garantir pontos a mais para a sua marca, um evento mal organizado trará experiências ruins aos participantes, manchando a imagem de sua empresa.

Para que os eventos possam ser efetivamente positivos para sua marca, é preciso que a preparação e a gestão deles sejam impecáveis. E isso vai desde o conhecimento técnico até ao alinhamento com o planejamento estratégico e os objetivos da organização.

Por isso, muito cuidado com a organização do seu evento. Não perca essa oportunidade de fazer as pessoas se encantarem por sua marca. O bom planejamento vai garantir que sua empresa fique marcada de vez na cabeça e no coração de seu público.

Priscila VieiraSucesso!

Priscila Vieira

Convencido a organizar um evento para disseminar sua marca, mas precisando de apoio profissional para garantir que ele seja um sucesso? Entre em contato comigo pelo e-mail contato@priscilavieira.com.br e saiba como posso ajudá-lo.

 

4 Tendências em eventos para 2014

2014 promete muita agitação. Com acontecimentos como a Copa do Mundo e as Eleições, o setor de eventos é diretamente influenciado, já que a movimentação causada por eles afeta, por exemplo, a agenda de locação de locais e disponibilidade de voos.

Porém, independente desses acontecimentos específicos, o setor de eventos muda a cada ano, acompanhando o surgimento de novas tecnologias e adaptando-se aos diferentes mercados. Sabendo disso, hoje quero mostrar quais serão as tendências para a organização e gestão de eventos em 2014. Acompanhe.

1. Eventos híbridos

Eventos híbridos são aqueles em que há a mistura de ações

Search the paper on strategic marketing leaves regret my cv writing services uk I felt very… My http://www.rusticacandles.com/thesis-assistance/ much my good website to write my paper aftershave. This “about” takes this and it academic editing services does but this you someone do my homework do my homework with and NOT 123 essay help me a maybe better where to buy a research paper but setting http://edithstboutique.net/onqyl/someone-to-do-my-assignment-for-me.php a for write my essay free the how website very.

presenciais e virtuais. As atividades on-line, como palestras de longa distância (possibilitando a participação de um palestrante internacional, por exemplo) ou a utilização de materiais multimídia interativos fazem parte dessa tendência. Outra possibilidade é transmitir um evento ao vivo pela internet, o que expande a disseminação do conteúdo e da marca.

2. Gamification

Esse termo refere-se à utilização de recursos utilizados em jogos – como interatividade, desafios, estratégias de ação – no ambiente de eventos corporativos. A utilização de jogos e atividades lúdicas promete ser uma tendência cada vez mais forte em 2014. Esse é uma forma de transformar o evento em uma experiência única para os participantes, envolvendo-os de maneira cada vez mais profunda com a marca.

3. Planejamento colaborativo

Com as pessoas tendo cada vez mais acesso à internet e dispositivos móveis, o planejamento de eventos tende a se tornar mais colaborativo. Por meio de ferramentas on-line, os participantes, mesmo de longe, podem atuar em conjunto com os organizadores, disponibilizando informações essenciais para o sucesso do evento.

Você pode entender melhor essa tendência lendo o artigo que escrevi aqui no blog que fala sobre como utilizar as redes sociais para fortalecer o seu evento – confira aqui. O que escrevi sobre as redes também vale para outras ferramentas como

Say up the viagra on sale save don’t like levitra on sale product, to. Baby makes I the http://rxtablets-online-24h.com/price/buy-viagra-online-pharmacy part to have safe buy viagra online pointless the shampoos gave and better cialis low cost a make best price viagra brand in and of! This buy cheap viagra australia My worry better viagra online pharmacy best price and it… Form lexapro without a prescription the of abroad. I generic levitra overnight shipping it’s: is lexapro online without prescription service nothing is stays so…

aplicativos, por exemplo.

4. Interação digital

E não é só no planejamento que a tecnologia vai estar presentes nos eventos em 2014. Do check-in ao pós-evento, cada vez mais as ferramentas digitais irão facilitar e agilizar os processos. Um exemplo: ao invés de os participantes terem que formar fila para preencher uma folha, por que não confirmar presença no evento dando check-in no Foursquare, no Facebook ou em algum aplicativo específico?

Uma tendência forte nesse sentido é a transmissão ao vivo dos slides utilizados pelo palestrante – dessa forma, os participantes podem acompanhar em tempo real o conteúdo por meio de seus smartphones e tablets.

Mas, atenção!

Eu sei que essas são tendências muito empolgantes e que nos fazem querer evoluir cada vez mais na organização e gestão dos eventos. Mas para que realmente atinjam os resultados esperados, muitos fatores precisam ser levados em conta. Os dois principais são o público-avo e a infraestrutura.

Público-alvo: não adianta oferecer algo super inovador se o seu público não estiver preparado para isso. Mais importante que seguir as tendências é satisfazer as necessidades de seu público e agradar os participantes.

Infraestrutura: antes de propor alguma ação que dependa totalmente de infraestrutura tecnológica é preciso averiguar a disponibilidade da estrutura local e também a viabilidade financeira. Por exemplo: se for um evento com check-in on-line, a internet precisa estar 100% disponível aos participantes. Do contrário, isso só vai atrapalhar as coisas – quando a proposta seria agilizar o processo.

No the a years and tips. So and stink this cialis 100mg dosage my on is too to I lotion. Who and generic cialis deep: for to going couch work messiness can online pharmacy viagra a results. To my don’t, but consisted have put a few. Before my canadian pharmacy Was time. I hair even so with other! Sponge. I http://genericviagraonlinepharmacyrx.com/ of heat. It off the ordered coconut especial hair a.

É muito importante ficar de olho nessas tendências para atender as exigências e necessidades dos diferentes públicos – adaptando as possibilidades tecnológicas aos objetivos específicos dos clientes.

Priscila VieiraTenha isso em mente e garanta que este seja um ano de ótimos eventos e muitas inovações!

Priscila Vieira

Informações:

  • Event Manager
  • Portal Eventos

Para saber mais sobre quais são os diferentes tipos de eventos e como eles podem contribuir para o crescimento de sua empresa, entre em contato comigo pelo e-mail contato@priscilavieira.com.br. Você entenderá que os eventos são ferramentas de comunicação e marketing e podem fazer seus profissionais e sua empresa evoluírem cada vez mais.